sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Poesia pra uma sexta-feira chuvosa...


hoje o dia inverteu-se com a noite
(o entardecer é sempre mais triste!)
e não se sabe ao certo pra onde ir

queria não ser
tão passional no amor
deixar de lado o medo
parar de se esconder
atrás das próprias asas

distinguir realidade de ilusão
o caminho certo a seguir
e perceber que só há o agora
- e nada mais!
(e tão somente isso basta!)

talvez eu não chegue mais em casa
e me perca pelas ruas

hoje nada mais importa
além do precioso segundo
que ficou no verso anterior
no passional amor

na inocência descarada
daqueles que lutaram
sem saber porquê

você só enxerga o palco
mas é por detrás das cortinas
que se encontra a vida real:
de cara lavada, sem figurino
e sem textos decorados.

mas tão poucas vezes
você alcança o lado de lá

as mãos seguram o bebê
o cachorro de rua procura por abrigo
o velho procura os óculos
e a vida segue com detalhes mínimos:
especiais – essenciais
que ninguém para pra assistir comigo...


*Mari – 26/09/2008




4 comentários:

El secreto de la vida es andar esquivando boludos... disse...

Lindo! Muito lindo o que vc escreveu!
Onde eu moro não está chovendo, mas meu coração está cheio de nubens.
Um abraço!

Mari disse...

Ai gente, assim eu fico com vergonha!

=D

NonsenseTele disse...

Be good darling! :D

Carol disse...

Mariii....

Lindoo lindoo o q vc escreveu!
Deveria colocar mais coisas suas aqui...ao invés de música...

To vendo que faz muito mais sucesso...rsrsrs


:)

bjos